Colônia belga em Ilhota (SC)

Você está aqui

Van Daele Charles Louis

Sobrenome: 
Van Daele
Nome: 
Charles Louis
Data nascimento: 
quinta-feira, 8 Janeiro, 1818
Nascido em: 
Ruiselede
BE
Resido em: 
Beernem - Sint-Joris
BE
Profissão: 
Agricultor
Travesia
Barco: 
Adèle, 30.05.1846
Idade momento do embarque: 
28
Chegou com família: 
sim
Viajou com: 

Sua esposa LAMBERT Serafina ( 09/11/1821, Wingene) com quem casou-se em 04/03/1846 na cidade de Wingene.

Baseado em informações de Gustavo Henrique de Almeida Pedroso.

N° de pessoas: 
2
Lote Planta 1847: 
D 5
Voltou para a Bélgica: 
sim
Descendentes: 

Uma filha do casal ficou no Brasil - presumidamente com o tio Ivo van Daele. Luisa se casou no Brasil uns anos depois dos pais sair. O filho Felix morreu em Wingene em 09/02/1863. Tiveram também em Wingene dois filhos gêmeos em 2/5/1862: Rosalia e Ivo. Rosalia morreu em 30/12/1872 em Ruiselede. 

Baseado em informações de Gustavo Henrique de Almeida Pedroso.

Observação: 

Assinou, junto com outros colonos belgas, o documento elaborado pelo diretor da Colônia, Joseph Philippe Fontaine em 1847, que comprava o recebimento dos mantimentos e alimentos necessários para subsistência dos mesmos como acordava o contrato.

Fonte Paulo Rogerio Maes, p. 62-63, menciona a cidade de residência como "Saint-Georges", que é Sint-Joris na Flandres, próximo da cidade de Ruislede onde Charles-Louis nasceu.

Uma parte da casa do diretor e do terreno que a cerca, como está indicado na planta desenhada em 17.07.1847 por agrimenso Henrique Devrecker, sob DN 5, está ocupada por Charles Van Dael, com sua mulher e o seu irmão Van Daele Ivo que não possuem por isso nem título e nem direito, mas que obtiveram o consentimento de Sr. Fontaine sob a condição e promessa da parte do sobredito Van Daele & Cia. de deixar os referidos casa e terreno tão logo que eles sejam exigidos por Van Lede ou seu procurador.

Fonte Paulo Rogerio Maes p. 60-61 + 74-75 ;+ Ficker p. 38

Saida do porto de Rio de Janeiro dia 19 de maio de 1861O jornal "Correio Mercantil e Instructivo, Político, Universal de Rio de Janeiro", informa que Carloz Luis Vandael, sua mulher e 6 filhos sairam no dia 19 de maio de 1861 do porto do Rio de Janeiro com a galera Reine du Monde, 1.051 toneladas, com destino Le Havre (França).

Van Daele provavelmente nunca voltou ao Brasil.