Bandeira belga Rei Albert Visita 1920 Brasil Rainha Elisabeth Bandeira brasileira

Vous êtes ici

Palácio dos Campos Elísios - avenida Tiradentes - Palácio das Indústrias

Mercredi, 6 octobre, 1920

O banco Italo-Belga fechou o seu expediente às 13 horas, em homenagem aos reis belgas, e para que seus funcionários pudessem se preparar para a recepção de suas majestades.

Às 9 h, no Palácio dos Campos Elísios, o rei da Bélgica Alberto visitou o governador do estado de São Paulo, Washington Luís, a quem entregou o cordão da Ordem de Leopoldo II.

Às 10 h, os soberanos assistiram, na avenida Tiradentes, a uma parada militar. Visitaram a escola de educação física da força pública, onde foram saudados por uma pirâmide humana.

À tarde, o rei foi visitar o Palácio das Indústrias onde, no páteo interno, estavam expostos maquinários de beneficiar café e mamona, ambas invenções paulistas. Visitou também a grande reprodução do quadro "Independência ou morte!", em gesso, do escultor Ximenes, qual servirá de embasamento ao monumento do centenário da independência. Não há evidências, mas é bem provável que o rei encontrou também, no Palácio das Indústrias, o artista belga Adrien Henri Vital van Emelen, local em que, logo depois sua chegada no fim de agosto de 1920, realizou as esculturas sacras encomendadas pelo Mosteiro de São Bento°.

Rei Alberto Careta 643 Visita Palácio das Industria

(Revista Careta 643 - 1920 Visita Palácio das Industria)

As 17 horas, o sr. presidente do Estado e oficiais da sua casa militar, foram buscar, na Chácara Carvalho, o soberano belga, que, com seu ajudante de campo, coronel Tilkens, percorreu os principais pontos da cidade, como a avenida Paulista, Higienópolis e Angélica.

O príncipe Leopoldo visitou, na cidade de Rio de Janeiro, o Corcovado, o Pão de Açúcar e a Tijuca. Foi visitado pelo senador Antonio Azeredo e pelos senhores Honório e Álvaro Guimarães, com quem havia estudado na Inglaterra. Recebeu também diversos embaixadores e ministros.

O Paiz, 7 de outubro de 1920 - Gazeta de Notícias, 7 de outubro de 1920

° Livro Ad. H. van Emelen: A trajetória de um artista belga em São Paulo / Marc Storms. – São Paulo, 2018.

Palácio das Indústrias - SP