Colônia belga em Ilhota (SC)

Você está aqui

Deprez Pierre

Sobrenome: 
Deprez
Nome: 
Pierre François
Data nascimento: 
sábado, 21 Novembro, 1801
Nascido em: 
Ichtegem
BE
Resido em: 
Ichtegem
BE
Profissão: 
Particular
Travesia
Barco: 
Jan van Eyck - 23.08.1844
Idade momento do embarque: 
42
Chegou com família: 
sim
Viajou com: 

Sua esposa VAN BIERVLIET Sophia Coletta ( 21/11/1801 - Ichtegem) com quem casou-se em 19/05/1830.
9 dos seus 10 filhos faleceram muito jovem na Bélgica. Só Maria Ludovica (21/05/1836) viajou com eles.

Baseado em informações de Gustavo Henrique de Almeida Pedroso.

N° de pessoas: 
3
Voltou para a Bélgica: 
não
Descendentes: 

Maria Ludovica DEPREZ, casou-se com Roberto Casteleyn, filho de Charles Casteleyn, uma família de migrantes belgas.

Baseado em informações de Gustavo Henrique de Almeida Pedroso.

Observação: 

É provavelmente parente de Deprez Philippe

Cidade estrita como "Jchtegem" no livro de Maes.

Fonte Paulo Rogerio Maes p. 60-61

Logo depois da chegada dos migrantes em novembro de 1844 começaram as divergências entre Van Lede e Louis Christian, de Gand, que, não se conformando com o projeto de cultivar terras que não fossem de sua propriedade, separou-se com mais 16 imigrantes, entre estes um negociante abastado de nome C. Van der Heyden. Rescindinde o contrato, o pequeno grupo de 17 pessoas estabeleceu-se em terras adquiridas no hoje Município de São José. A tentativa de uma colonização particular se fracassou e os colonos dispersaram-se pelas vizinhanças. Alguns estabeleceram-se na colônia alemã de São Pedro de Alcântara, outros no lugar Passa Vinte e Desterro. Christian voltou em maio de 1845 por Rio de Janeiro e depois para a Bélgica.

Temos a informação que a sua esposa faleceu em 14/10/1866 e foi enterrada em São Pedro de Alcântara-SC e que a filha casou-se em São Pedro de Alcântara-SC em 03/07/1861 e em 27/08/1867 em Brusque-SC e foi sepultada em Gaspar-SC.

Tudo indica que Pierre Deprez e sua família estabeleceram-se na colônia alemã de São Pedro de Alcântara.