Você está aqui

Estacas do Viaduto do Chá (São Paulo)

Location: 
Viaduto do Chá, São Paulo - São Paulo
Autor: 

Em 1936, a placa Franki era vista pela primeira vez em São Paulo, nas obras do Viaduto do Chá. 851 estacas foram empregadas nesta obra.

Viaduto do Chá - Estacas Franki

Viaduto do Chá construção

A estrutura central do viaduto é um grande arco de concreto armado. Isso gera grandes esforços horizontais nas duas nascenças do arco. São necessárias estacas inclinadas para resistir a esses esforços. O bate-estaca na foto está cravando uma dessas estacas inclinadas. São 270 estacas com 20m de profundidade, como fundação do arco.

Viaduto do Chá antigo e novo

O novo viaduto em concreto armado substitui o antigo com estrutura metálica. Ele teve o dobro de largura, possui 204 metros de extensão e liga duas ruas tradicionais de São Paulo: a Rua Direita e a Rua Barão de Itapetininga. Foi entregue à população em 18 de abril de 1938. Após a inauguração do novo viaduto, começou o desmonte do antigo.

O sistema de estacas de concreto armado moldados e cravados no solo para sustentar grandes construções foi aperfeiçoado por um engenheiro de Liège, Bélgica, Edgard Frankignoul (1882 - 1954) e patenteado como "estaca Franki".

Texto: Marc Storms, dezembro de 2023

Fontes:

  • Dossier "268. Documentos relativos a belgas e empresas belgas no Brasil" do álbum referente à viagem do casal real belga ao Brasil, 1920, preservado no Arquivo Real da Bélgica.
  • Notas de aula do Prof.. Eduardo C. S. Thomaz