Você está aqui

Estacas do edifício do Banco do Estado de São Paulo

Location: 
Rua João Bricola 24, São Paulo - São Paulo
Autor: 

Edificio Banespa SPA empresa de origem belga Franki realizou as estacas do Edifício Banco do Estado de São Paulo, o atual Farol Santander, no centro histórico de São Paulo. No total são 139 estacas pranchas e 487 estacas Franki escavadas de 419 mm de diâmetro.

Construído a partir de 1939 para sediar o Banco do Estado de São Paulo (que ocupou o prédio até 2001) e inaugurado oito anos depois, em 27 de junho de 1947, foi durante mais de uma década o mais alto da cidade, até ser superado pelo Mirante do Vale, em 1960.

Com 35 andares e 161 metros de altura, foi considerada a maior construção de concreto armado do mundo. Em 2000, o prédio foi incorporado ao patrimônio do Grupo Santander, que comprou o Banespa. Em 2014, a construção foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico (Condephaat).

Sobre as fundações, a revista Acropole (dez. 1947 - n° 116) escreve "Os estudos da natureza do solo e de sua capacidade de receber cargas, permitiram que esse [edifício] atingiu a 161,22 m, com o que estabeleceu-se um record de altura na América do Sul" ... "A natureza do solo, constituído por camadas de argila arenosa dura, seguidas de argilas arenosas rijas e continuadas por areias argilosas .. exigiram obras de consolidação com o maior cuidado e critério. ... foi conseguida com a adoção de estacas de concreto, moldadas in loco e conveniente armadas. ...Antes de se proceder ao lançamento das fundações, foram levadas provas de carga sobre as estacas."

Edificio Banespa SP prova carga

Texto: Marc Storms, dezembro de 2023

Fontes:

  • Dossier "268. Documentos relativos a belgas e empresas belgas no Brasil" do álbum referente à viagem do casal real belga ao Brasil, 1920, preservado no Arquivo Real da Bélgica.
  • Arcopole Dez. 1947 - N° 116
  • Wikipedia